Japão adicionará nível “mais grave” à escala de insolação em meio ao aumento dos casos

A Associação Japonesa de Medicina planeja adicionar um novo nível à escala de gravidade da insolação, passando de três para quatro níveis.

A mudança para quatro níveis será incluída nas diretrizes médicas revisadas este ano, com o objetivo de de facilitar a identificação dos casos mais graves de insolação.

Atualmente, a gravidade da insolação é classificada em três níveis:

Leve (grau I): tontura, suor abundante e dor muscular. Moderada (grau II): dores de cabeça, vômitos e fadiga. Grave (grau III): distúrbios de consciência e convulsões.

Segundo a associação, um estudo de suas pesquisas e classificações anteriores em vários países mostrou que, entre as condições graves de grau III, o “mais grave”, com temperatura corporal profunda de 40 °C ou mais e incapacidade de comunicação, teve uma taxa de mortalidade mais alta do que outros pacientes de grau III.

LEIA TAMBÉM:

Os perigos do calor excessivo, ‘netyusho’ pode ser fatal Bombeiros alertam sobre o risco de explosão de ventiladores portáteis- Entenda! Temperatura atinge 40 °C em Shizuoka neste final de semana

Em muitos casos, a medição da temperatura corporal não foi realizada nesses pacientes, e o

Leia o conteúdo completo acessando o link abaixo.

Este post foi originalmente publicado no DIA A DIA.

  • Compartilhe esta postagem